ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA RESERVA REMUNERADA E REFORMADOS DA POLÍCIA MILITAR E CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DF

CUIDANDO DO PRESENTE E DO FUTURO

DOS NOSSOS VETERANOS E PENSIONISTAS DESDE 1999

  • Comunicação Social ASSOR

Almoço da ASSOR de junho também reuniu pré-candidatos da PM e CBM




A possibilidade de rever os amigos e ainda aproveitar, sem custo adicional, um churrasco completo com buffet e bebidas tem sido um benefício bastante valorizado pelos sócios.





"Ao fazer as contas e comparar todos os benefícios que a ASSOR oferece, como a assistência jurídica, a plataforma de descontos no Mais Vantagens, as constantes ações em defesa dos nossos interesses, os almoços e o valor desembolsado na mensalidade, nossos associados logo percebem que vale muito a pena fazer parte do nosso grupo". Se oferecêssemos só o almoço, já valia. Mas fazemos muito mais e ainda estamos trazendo outras novidades agora em 2022, como uma plataforma de capacitação para policiais, bombeiros, familiares e amigos" Cel Wellington Corsino do Nascimento, presidente da ASSOR.




Ao final do encontro o presidente deu a palavra para os pré-candidatos presentes: Cel Nunes, Cel Monte, Cel Aboud e Cel Fraga. Todos tiveram a oportunidade de apresentar suas pré-candidaturas e motivações para essa decisão.




O Cel Fraga distribuiu um material gráfico destacando suas realizações e conquistas para os policiais e bombeiros militares durante os 4 mandatos e comentou sobre o pedido do presidente Bolsonaro para que ele se afiliasse ao PL.


Na sua explanação aos associados o Cel Aboud comentou sobre o grande número de candidatos da PMDF à Câmara Federal e que isso poderia se constituir no óbice de um candidato policial militar para deputado federal, haja vista a grande fragmentação dos votos.


Em conversa com os associados, o presidente da ASSOR alertou a real possibilidade de não se eleger ninguém em razão dessa fragmentação e adiantou: "o único pré-candidato a deputado federal da PM que tem chances reais de se eleger é o Cel Fraga, seja pela história ou pelo público fora da PM que admira e confia nele, o que nenhum outro pré-candidato tem".





O Cel Wellington também comentou sobre a proposta do Cel Monte de reunir todas as associações da PM e CBM para definirem 3 pré-candidatos a deputado federal e 3 para distrital. Segundo o presidente da ASSOR as associações não têm essa prerrogativa e que no passado isso já foi feito e nenhum dos pré-candidatos seguiu a decisão daquela prévia eleitoral das associações. Aos presentes, o Cel Wellington, ressaltou que essa engenharia eleitoral. deve ser feita pelos próprios pré-candidatos.

176 visualizações0 comentário