ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA RESERVA REMUNERADA E REFORMADOS DA POLÍCIA MILITAR E CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DF

CUIDANDO DO PRESENTE E DO FUTURO

DOS NOSSOS VETERANOS E PENSIONISTAS DESDE 1999

  • Comunicação Social ASSOR

Forças de Seguranças e Dirigentes Sindicais se reúnem para alinhar ações de recomposição salarial

Atualizado: 26 de fev.




NOTA PÚBLICA


Dirigentes sindicais e presidentes de associações de todas as categorias das Forças de Segurança Pública do DF (CBMDF, PCDF e PMDF) reuniram-se com vistas ao alinhamento de ações em busca da devida recomposição salarial de nossos quadros, que enfrentam perdas inflacionárias insuportáveis.


Na esteira do ocorrido em outras unidades da federação, a indignação e adoecimento dos nossos profissionais, em face da falta de recomposição salarial, já refletem na qualidade da prestação de serviços à sociedade.


As articulações e movimentações feitas por todas as lideranças das nossas associações e sindicatos, ao longo das últimas semanas, tiveram o condão de fazer com que as autoridades distritais e federais colocassem na mesa de negociação nossa pauta de reivindicação, conforme veiculado na imprensa.


As informações são no sentido de que o Governador manteve contato com os Ministros Anderson Torres (MJSP) e Flávia Arruda (SEGOV) com o intuito de viabilizar a construção política para a concessão da justa recomposição salarial de nossos servidores. Ressaltamos que, malgrado seja estabelecida por lei federal, a referida medida é suportada pelo Fundo Constitucional do DF e não gera qualquer repercussão no orçamento da União.


Noutro giro, chamamos a atenção para a urgência de encaminhamento pelo GDF de mensagem à União visando a implementação da respectiva recomposição, especialmente considerando o tempo exíguo para a tramitação das proposições legislativas no Congresso Nacional, imposto pela legislação eleitoral.


Diante dessas sinalizações, os sindicatos e associações das Forças de Segurança Pública do DF aguardam e acreditam no encaminhamento da mensagem em tempo hábil pelo GDF à União, ainda no início de março, de modo a não inviabilizar a demanda reivindicatória.


Brasília, 25 de fevereiro de 2022






SINPOL (PCDF) - ABPC (PERITOS)- AGEPOL (PCDF)- APCAP (PCDF) – CLUBE DOS BOMBEIROS – ASSOR (PMDF) – SINDEPO (PCDF) – FÓRUM DAS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DA PMDF E CBMDF – AAPC (PCDF) – CAP (PMDF) – ADEPOL(PCDF) – FENEME – OS/OSIDEMCI – ASSOFBM (CBMDF) – CABE (PMDF)


118 visualizações0 comentário