ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA RESERVA REMUNERADA E REFORMADOS DA POLÍCIA MILITAR E CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DF

CUIDANDO DO PRESENTE E DO FUTURO

DOS NOSSOS VETERANOS E PENSIONISTAS DESDE 1999

  • Comunicação Social ASSOR

Reunião com Comandate Geral da PMDF será dia 10/05. Conheça a pauta definida pelos associados.

Atualizado: há 2 dias




No dia 10 de maio a ASSOR irá se reunir com o novo comandante-geral da Polícia Militar do Distrito Federal para discutir as demandas dos veteranos.


De forma pioneira a pauta dessa reunião foi definida através de pesquisa com os associados. A pesquisa ocorreu durante 10 dias seguidos, oportunidade dada para que indicassem os temas mais importantes e prioritários para a discussão com o novo comandante, o Coronel Márcio Cavalcante Vasconcelos.


"Estamos realizando uma gestão ainda mais participativa e nossas pesquisas têm sido um ótimo instrumento para que a opinião do Associado tenha ainda mais peso no nosso trabalho e direcionamento das ações institucionais". Coronel Wellington Corsino do Nascimento, presidente da ASSOR.

O tema mais indicado pelos sócios (100% das repostas) foi a SAÚDE. Dentro dessa temática os associados apontaram prioridades em relação ao Plano de Saúde, Centro Médico da PMDF, Quantidade de Efetivo Médico e de Profissionais da Saúde, Gestão da Saúde da PMDF e Saúde dos Veteranos.


A pesquisa foi feita on-line e logo abaixo você vai conhecer os temas mais indicados pelos sócios.



PESQUISA ASSOR - PAUTA DA REUNIÃO COM NOVO COMANDANTE-GERAL DA PMDF


Relatório


A pesquisa foi realizada no site da ASSOR durante o período de 10 dias. A participação não era obrigatória, mas os que responderam tiveram que indicar no mínimo 3 temas que estivessem como prioridade na opinião deles.


Os itens a seguir foram listados em ordem de importância segundo as repostas dadas. O item 1 é o mais citado e os próximos estão em ordem decrescente (item 2 a 6).


Alguns itens ou subitens apresentam um parágrafo de análise de sentimento. Este parágrafo foi redigido através da análise técnica do nosso profissional de marketing e comunicação, que se baseou nas respostas subjetivas e em interpretação baseada em técnicas de empatia do conteúdo respondido.

O parágrafo relacionado com o item 7 traz opiniões que não tiveram frequência suficiente para serem indexadas com um item específico.

1. Saúde com excelência de forma continuada (o tema esteve presente em 100% das respostas)


Os associados, seguindo esta temática, apresentaram também sugestões específicas:


1.1. Plano de Saúde e Fundo Saúde (mais de 60%das respostas)


  • Ter um plano de saúde para os PMs e seus dependentes;

  • Atenção médico hospitalar, principalmente para os reformados;

  • Buscar algo semelhante ao IPASGO;

  • Extensível para todo o efetivo;

  • Oportunizar convênio com um plano de saúde para os que desejarem, mesmo que necessite de coparticipação, subvencionado pelo fundo de saúde e administrado pela Instituição;

  • Permitir ao policial militar e seus dependetes a utilização de convênio com a Associacao de Médicos de Hospitais Particulares pata consultas com descontos no preço das mesmas.

  • Propor um novo fundo de saúde;

  • Atendimento à saúde em âmbito nacional;

  • Analisar os Planos : ASSOR,CABE e GDF .Que oferece melhores cobertura.

  • Facilitar o acesso aos tratamentos de saúde.


Sentimento neste item: Os associados identificaram a falta de atenção e dignidade com respeito a sua saúde e de seus dependentes.



1.2. A Saúde dos Veteranos


  • A inexistência de atendimento médico-odontológico para os veteranos e familiares residentes fora do DF, a despeito de continuarem com o desconto pleno do FUNDO DE SAÚDE;

  • Atendimento hospitalar de qualidade aos policiais-militares (inativos e ativos) e seus dependentes;

  • Atendimento prioritário e especial aos veteranos e familiares na policlinica e conveniados.


Sentimento neste item: Os veteranos se sentem ainda mais abandonados, principalmente depois de terem dedicado suas vidas ao serviço. Exigem mais atenção para sua Saúde, em um momento em que a idade exige mais cuidados contínuos, e querem proporcionar também o cuidado necessário aos seus dependentes;

1.3. Centro Médico da PMDF


  • Retomar o controle do Centro Médico (que está com o GDF);

  • Melhorar o aparelhamento co serviço;

  • Melhorar a funcionalidade do Centro Médico para atender principalmente as demandas da PM;

  • Criar um atendimento de emergência para diminuir atendimentos desnecessários na rede privada;

  • Criar um centro de diagnóstico laboratorial e de imagens. Com verba de convênios cria-se tudo, depende de gestão.

Sentimento neste item: Os associados acreditam que o Centro Médico é um local de destaque e que precisa retornar ao controle da PM. O local tem capacidade de atender as demandas da PM caso passe por uma reorganização, seja melhor aparelhado e tenha seus efetivo de profissionais da saúde ampliado.

1.4. Recursos Humanos (mais médicos e profissionais da Saúde esteve presente em 30% das respostas)


  • Realizar Concurso público para Oficiais de saúde;

  • Mais médicos disponíveis (inclusive plantão);

  • Aumentar o efetivo nos quadros de saúde (médico e odontológico) e administrativos dos policiais-militares afim de viabilizar atendimentos de qualidade em todas as cidades do DF;

  • Ampliar com Oficiais Médicos e Praças de Enfermagem para melhorar os atendimentos e diminuir gastos com atendimento na rede privada;

  • Permitir uma gestão compartilhada do CMPMDF com nossas Associações para contratação de médicos e fisioterapeutas para consultas com compartilhamento do policial militar.

Sentimento neste item: Está claro para os associados que a questão da quantidade e qualidade de recursos humanos (médicos e profissionais da saúde) deve ser urgentemente solucionada. O baixo efetivo sofre interferências ainda piores pela desânimo e má qualidade técnica no atendimento.

1.5. Gestão da Saúde

  • Proporcionar que exames sejam feitos no Centro Médico da PM ao invés de serem realizados em redes privadas e particulares para que o recurso fique no CMPMDF e retorne em benefícios para o próprio sistema;

  • Efetuar gestão mais transparentes nos problemas de saúde ( convênios e outros );

  • Atendimento telefônico ou eletrônico para marcação de consultas eficiente.

Sentimento neste item: Há um sentimento que a área da saúde da PM pode ser melhor administrada, inclusive pensando estrategicamente para aumentar suas fontes de receita e, assim, beneficiar o sistema como um todo.

2. Veteranos

  • Estudo da possibilidade de ter um veterano como diretor de veteranos;

  • Visitas de veteranos às Unidades Escola;

  • Maior atenção aos veteranos e melhoria nas instalações e principalmente no atendimento (respeito, tratamento e acessibilidade) desses na respectiva Diretoria;

  • Dificuldade para os veteranos residentes fora do DF buscarem o ressarcimento das despesas médicas;

  • Ampliar o contato com os veteranos.

Sentimento neste item: Anos de serviço prestados não trazem dignidade e nem proporcionam uma atenção diferenciada. É com este sentimento que os associados observam o relacionamento da corporação com aqueles que se tornaram veteranos. Há também uma crítica em relação a falta de preparo dos ativos, em termos de visão e sensibilidade, para lidar com aqueles que entraram para a reserva e os reformados. Alguns entraves e questões processuais devem ser revistas pensando em proporcionar mais agilidade, facilidade e respeito.


3. Atendimento, Relacionamento e Processos Administrativos ( o recadastramento é um ponto que merece uma atenção prioritária pois esteve presente em 40% das respostas)

  • Sistema de internet exigem melhorias e manutenção constante. Com isso há dificuldade para proceder em tempo hábil ao recadastramento anual;

  • Apresentação de documentos recentes para o recadastramento poderia ser substituída pela prova de vida. Uma ideia seria um totem com biometria. Apresentou-se, coloca o dedão, apareceu a foto, pronto. Imprime o protocolo e até o próximo ano;

  • Desburocratizar o recadastramento dos inativos (fazer tudo pela internet) usando a tecnologia para isso, inclusive na prova de vida;

  • Revogação do atual sistema de recadastramento e implantação via BRB;

  • Cancelar a exigência de apresentação de Certidão de casamento para o recadastramento anual.


Sentimento neste item: Os associados identificam o recadastramento como um processo que tem gerado problemas e frustrações. Em parte está a burocratização e o próprio sistema tecnológico que apresenta inconstâncias. Simplificar o Recadastramento, repensando a documentação necessária, e usando tecnologias acessíveis é um caminho que eles apontam para solucionar a questão.

4. Porte de Armas e Munições

  • Portaria do Comandante Geral deve seguir a legislação do exame a cada 10 anos para os veteranos. Caso ele vá para a inatividade e esteja com o exame dentro do período regulamentar, não serão exigidas outras condições;

  • Viabilidade na compra de armas e munições aos policiais militares em especial aos reformados e da reserva remunerada;

  • Espaço destinado aos policiais militares para exercício de tiro, em especial aos reformados e da reserva remunerada;

  • Atendimento especial para renovação do registro e porte de arma.

Sentimento neste item: Uma portaria atual vai contra a legislação que rege as condições para a renovação do porte. Os associados identificaram que esse é um ponto de reflexão e mudança. Adicionalmente, eles gostariam de usufruirem de benefícios dentro deste segmento, como espaços para a prática e aquisição de armas e munições.

5. Salarial

  • Reposição salarial;

  • Transformar sou Fixar o pagamento (a remuneração) em subsídio;

  • Aumento salarial da PMDF.

6. Crédito e Empréstimos

  • Empréstimos juros baixos;

  • Linhas de créditos acessíveis aos policiais militares (ativos e inativos).


7. Outros

  • Que o comando das corporações mantenha diálogo com as associações e escutem os seus pleitos;

  • Criar uma secão que preparará o policial para a reforma (voltar à vida civil);

  • Plano estratégico e sua modelagem;

  • Implantação do gabinete de análise de risco e conjuntura;

  • Lista tríplice, elaborada pelo Estado Maior, dos nomes para exercer o cargo de Comandante Geral;

  • Definir sobre o Fundo Constitucional.

  • Redução de interstícios para os praças;

  • Promoção de praças;

  • Aumento do Efetivo com o Ingresso de novos PM (concurso);

  • Moradia para os policiais com programa governamental. Ajuda a aproximação com a comunidade e com o local de trabalho;

  • Assistência Social;

  • Já avaliaram uma linha no sentindo de criarem um hotel com restaurante e lazer , para atender os associados .Custeados pelos usuários;

  • Corrigir os erros comportamentais de nossos policiais a fim de iniciar um projeto para melhorar nossa imagem perante a comunidade, governantes e orgãos de comunicação. Melhorar a comunicação com todos os policiais para este compromisso;

  • Controles mais efetivos sobre a ação de presença nas ruas como a postura, refeição em restaurante (?) ,bares ,etc;

  • Rever as despesas com aquisição de viaturas (adequação ao serviço e custo/benefício).

  • Capacitação programática constante para o estudo dos temas policiais e sociais dentre outros;

  • Conhecimento, acompanhamento e tratamento dos problemas de distúrbios psicológicos, psiquiátricos com profissionais competentes;

  • Atendimento do COPOM está quem precisa na mão. Liga-se várias vezes para 190 e não há atendimento;

  • Trazer a cabe de volta se possível.


35 visualizações0 comentário